Menu+

Casa Mix – AGO 2012

A Luz como Protagonista

A luminotécnica elaborada para este apartamento contribuiu para dar vida a espaços atuais e intimistas.

Texto: Rafaela Marques

Fotos: Maíra Acayaba

No apartamento, não há paredes que delimitam os ambientes de estar, jantar e home-office. A sensação de aconchego é transmitida pela marcenaria sob medida e pelas diferentes cenas criadas pelo jogo de luzes. Os vasos são da Anni Verdi. Assim como num teatro, onde o jogo de luzes determina o foco dos olhares, centros de interesse são despertados pela iluminação neste apartamento, projetado pela arquiteta Karen Pisacane, nos Jardins, bairro nobre da capital paulista. Para atender às necessidades do jovem casal de moradores, a área social foi reinventada e, além do projeto de luminotécnica, ganhou marcenaria planejada, o que levou ao melhor aproveitamento do espaço.

Foi, deste modo, que, sem fronteiras entre eles, os ambientes de estar, jantar e escritório receberam móveis com o mesmo padrão de conforto e com a missão de organizar tudo de maneira funcional. No home-office, por exemplo, há um banquinho-baú, usado para guardar enxoval. Bem prático, já que o local também abriga um sofá-cama. “Era desejo dos proprietários ter um lugar para acomodar hóspedes, bem como um escritório”, explica Karen, que achou na unificação desses espaços a saída para comporta-los nos 70 metros quadrados do apartamento.

Outros recursos empregados pela profissional referem-se ao apelo estético. É o caso dos tons que pautam a decoração. Enquanto boa parte dos materiais utilizados é neutra, algumas peças se destacam, como a mesa lateral amarela. A percepção visual também motivou a troca do antigo forro por uma solução mais contemporânea, com gesso rebaixado. Aliás, é lá de cima que emanam os focos de luz que criam cenas díspares na área de convivência. “A iluminação é a estrela do projeto. Ao mesmo tempo em que destaca os objetos, cumpre papel decorativo e funcional”, completa a arquiteta.

 

Um espaço versátil foi criado com sofá-cama (Pró-Espaço), que está sempre pronto para receber os hóspedes, e um móvel em madeira que funciona como baú, banco e aparador (Bert Móveis). A poltrona Charles Eames convida a uma boa leitura. A iluminação é da Yamamura e os tapetes são By Kamy. Destaque para a mesa lateral da Desmobilia.

468 ad